Others

 

O certificado digital foi criado em 2001 pela Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileiras – ICP-Brasil, por meio da Medida Provisória nº 2.200-2.

 

O objetivo do sistema de certificação digital, segundo a lei, era o de assegurar a integridade, autenticidade e validade jurídica dos documentos eletrônicos.

 

Bem como de suas aplicações, que fazem uso dos certificados digitais e ainda proporcionam maior segurança às transações eletrônicas.

 

A partir da criação dessa medida, as Autoridades Certificadoras foram definidas como as principais responsáveis pela criação e gerenciamento do certificado digital, seguindo as orientações da ICP-Brasil.

 

Para se ter uma ideia da popularização desta ferramenta, somente em 2020 a entidade registrou mais de 600 mil certificados digitais em um único mês, de acordo com informações da Associação Nacional de Certificação Digital (ANCD).

 

Veja mais sobre agendar certificado digital e suas modalidades, como o certificado A1 neste post.

 

 

O que é afinal o certificado A1

 

O modelo de certificação digital que pode ser armazenado direto no computador do usuário, utiliza chave criptografada e tem validade de 1 ano, é o certificado digital A1.

Passado esse período, o certificado digital é expirado, exigindo a necessidade de uma nova solicitação do arquivo eletrônico.

A forma de atuação desse sistema evita a ocorrência de fraudes nas operações, visto que as informações não podem ser decodificadas sem a combinação das duas chaves, privada e pública.

Todavia, se ainda assim o sistema sofrer algum tipo de invasão ou ameaça virtual, o certificado digital pode ser desativado.

O fato do prazo de validade ser menor, reduz as vantagens do certificado A1

 

Se você já fez pesquisas acerca dos valores de certificados digitais, deve ter percebido que se comparado ao tipo A3, o certificado digital A1 pode ter um custo reduzido pela metade.

 

Essa diferença de valores deve considerar o seguinte.

 

  • Três renovações do certificado A1, correspondem ao valor de uma certificação A3;
  • O certificado A3 não oferece as mesmas vantagens que o certificado digital A1 e podem inclusive prejudicar as atividades da empresa cadastrada;
  • Para a utilização do A3 pode ser feita sob a utilização do smartcard, exigindo a compra do leitor de cartão com o chip.

 

Assim sendo, as despesas da certificação A3, podem ser equivalentes aos gastos do certificado A1 por 3 anos.

 

De acordo com essa análise, pode-se dizer que a diferença de investimentos não é fator decisivo para a escolha de um em detrimento do outro.

Contudo, as vantagens apresentadas pelo certificado digital A1, bem como as necessidades da empresa e seus processos.

 

Certificado A1 e suas vantagens

 

Em síntese, as vantagens do certificado A1 que mais se destacam são:

 

  • Assinatura digital com mesmo valor jurídico que que o documento físico, proporcionando maior segurança ao usuário;
  • Economia de recursos e contribuição com a sustentabilidade, já que o uso de papel e tinta para impressão não é necessário;
  • Otimização das ações contábeis da empresa, já que o certificado A1 promove maior praticidade e comodidade para a realização das tarefas mais burocráticas.

 

Conclusão

 

Embora ainda existam pessoas que tenham dúvidas quanto à segurança na utilização do certificado digital.

 

Afinal essa é uma grande preocupação da ICP-Brasil que disponibiliza as chaves que promovem a proteção aos dados dos usuários, assegurando que as transações sejam feitas sem o risco de fraudes.

 

 

 

 

 

 

Leave a Reply

Comment
Name*
Mail*
Website*